sábado, 6 de fevereiro de 2016

A POESIA QUE EU NUNCA FIZ

Um olhar, um toque,
Um beijo irracional
Caricias trocadas e o medo
Mas o desejo enlouquecendo
Querendo descobrir os teus segredos
Estamos numa loucura normal
No tom ideal.
Na forma perfeita aconteceu
Naquele momento em que os sussurros
Foram a mais bela sinfonia
Onde o pecado foi esquecido
O amor atrevido
E a loucura vivida.

Fabrício Colombo

Nenhum comentário:

Postar um comentário