segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

ELA


Ela preferiu sair pela porta, da frente claro, pela janela seria a cara dela, mas sair de cabeça erguida foi muito melhor, ela que nunca foi de provar nada a ninguém, agora mais do que nunca, queria provar que ele perdeu a melhor coisa da sua vida, Perdeu a mulher que dava cor ao seus dias cinzas e nem fazia questão de notar que era ela, quem fazia o eixo do seu mundinho girar. Ela cansou do seu exibicionismo de "homem auto suficiente", que nunca há enganou, ela cansou de ser mar enquanto ele era aquela duna distante. Ela amadureceu e aprendeu a amar-se, aprendeu que o amor não é mostrar para segundos, mas sim demonstrar com simplicidades.
Ela disse para todas suas amigas que não sente nada por ele, e realmente, ela foi sincera, com os outros e consigo mesma. Ela focou mais nela mesma, mais em seu cursinho de inglês que logo se tornara um intercambio para Los Angeles.
As músicas, nunca lhe fizeram tanto sentido em sua vida. Ela soltou a leoa que habita dentro dela e que antes era mantida em cativeiro.Ela descobriu tantas coisas novas, tantas músicas, tantas pessoas, tantas bebidas que enche sua boca para afirmar que esta feliz como nunca antes, e todos creem, porque seus próprios olhos provam. Esta mulher descobriu-se e agora quer desfrutar da felicidade.

Eloísa Gonzatto

Nenhum comentário:

Postar um comentário