quarta-feira, 16 de março de 2016

QUANDO A GENTE AMA

Quando a gente ama
As loucuras são brincadeiras
O tempo é pequeno
As mentiras, verdadeiras.
Quando a gente ama
Tantas palavras, são poucas
E o fogo é o desejo
De sempre querer mais um beijo
Quando a gente ama
O mundo é esquecido
A vida perde o rumo
E outro universo é conhecido
Quando a gente ama
Tudo é possível
E o impossível
Não passa de um segundo a mais.
Fabrício Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário