domingo, 24 de abril de 2016

PRA VOCÊ SABER

Eu escrevo pra você saber
Eu escrevo pois aqui nessas palavras
Eu tenho o que na realidade não posso ter
Aqui eu tenho o teu querer
Mesmo que seja uma ilusão
Aqui na poesia eu tenho teu coração
Eu escrevo pra você e por mim
Aqui eu tenho o teu sim
Aqui eu mato a minha sede
Tomo do gosto do seu beijo
Tenho saciado meu desejo
Mesmo que seja nas palavras
Eu escrevo pra você saber
Que aqui no meu mundo entre as frases
Você é a razão de tantos disfarces
A flor que posso colher
Para enfeitar o meu dia
O raio de sol a iluminar meu sorriso
E aqui eu escrevo
Pra você saber
O que o meu silêncio não diz
O que a minha aflição esconde
Aqui eu escrevo
Pra você saber
Que nas letras desta canção
Eu tenho você e não a ilusão...
Fabrício Colombo

Nenhum comentário:

Postar um comentário