terça-feira, 26 de abril de 2016

SOU ESQUECIDO

Te amo na lágrima
E num sorriso
Te amo na poesia
E nos contos de fada
Te amo na luz
Te amo na escuridão
Te amo no sonho
E no sonho acordado
Te amo com o coração
E na eterna ilusão
Te amo no som
Te amo calado
Te amo há anos
E não sou reconhecido
Te amo há séculos
E sou esquecido
Fabrício Colombo

Nenhum comentário:

Postar um comentário