quinta-feira, 21 de abril de 2016

VOCÊ NÃO SABE

Você não sabe
o que é ter tão perto
e ao mesmo tempo tão distante.
Você não sabe
o que é te ver passar
e não poder te tocar
como alguém a contemplar o mar
mas que por ele não pode navegar.
Você não sabe
o que é ter que encarar o teu olhar
ficar calado e nada te falar
ter que guardar em segredo
querendo gritar, sem medo.
Você não sabe
o que é ter que ocupar o mesmo espaço
onde você está
admirar tua beleza, teu andar
teus cabelos soltos pelo ar.
Você não sabe
o que é ficar a lembrar
de um dia que não vai voltar
de uma história
que ficou lá.
Você não sabe
da culpa que eu carrego
por te desejar desse jeito
tão imperfeito,
egoísta e profano.
Você não sabe
o que é ter que ter ver todos os dias
e lembrar que existe um mundo lá fora
onde não vive a minha ilusão
onde a razão tenta me trazer de volta.
Você não sabe
o que é viver assim, sem saber
o gosto que tem um beijo teu!


Fabrício Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário