domingo, 22 de maio de 2016

ANJO MAL

O anjo ainda é mal
Ele ainda não aprendeu a ser bom
Está tentando com serenidade
E com a mais profunda dedicação
Mas o anjo ainda é atormentado
Vive com dúvidas
Na escuridão e na solidão
Que o perseguem.
Em momentos de lucidez
Sabe fazer a vida um arco íris
Mas de repente a loucura o envolve
A tortura castiga
Em um mundo de demônios ele convive
Agonizando o maior dos sonhos
Onde está a felicidade
E o anjo conheceu uma flor
A mais rara de um imenso jardim
Mas está flor ele não pode tocar
Pois o anjo ainda é mal
E não se faz merecedor do paraíso.

Fabrício Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário