segunda-feira, 30 de maio de 2016

PÉ DE AMORA

Hoje eu passei lá
Lá naquela rua
Rua que tinha um pé
Pé de amora
No meio do caminho
Caminho do menino
Menino que ia pra escola
Escola que estava lá
Lá depois do pé de amora
Amora, que colegas e eu
Eu saboreava
Mas o pé de amora não está mais lá
Lá no seu lugar
No seu lugar estava um prédio
Prédio totalmente fora de lugar
Lugar onde deveria estar
Estar o pé de amora
Amora da minha infância
Mas o menino que eu era
Que eu era também não está mais lá
Lá onde ficava o pé de amora
Pé de amora e sonhos
Sonhos que não estão mais lá!

Fabrício Colombo

Nenhum comentário:

Postar um comentário