segunda-feira, 27 de junho de 2016

A DEMOCRACIA E A ESCOLA

A democracia está dividida em quatro princípios básicos: igualdade, liberdade, direitos e responsabilidade. Somente o respeito a esses princípios irá proporcionar uma democracia plena em uma sociedade.
A igualdade não deve ser somente jurídica, mas também de condições e oportunidades, isto é, que todo cidadão tenha as mesmas chances de se desenvolver como tal. Da mesma forma a liberdade de se expressar, opinar, criticar e a liberdade de escolha. Os direitos não se limitam somente a participação política como escolher governantes, mas também o de ter acesso à justiça, à educação, à saúde, à informação, etc., ou seja, ter direitos às condições básicas para se ter uma vida digna.
No contexto escolar, é fundamental primeiramente, desenvolver a consciência nos alunos de que a democracia é uma via de mão dupla. Que a igualdade deve ser conquistada e mantida dentro dos pressupostos éticos; que a liberdade também é limitada e que somos responsáveis pelos nossos atos, que seremos cobrados por nossas decisões e atitudes; e que para se garantir os direitos se faz necessário respeitar e cumprir as obrigações.
Também desenvolver em nosso aluno que ele é um agente social e que suas decisões, mesmo que sejam individuais, em menor ou maior grau, interferem na vida de outros. Por isso o exercício da cidadania consciente é fundamental para o desenvolvimento mais justo de uma sociedade.
Dessa forma, não só os conceitos e princípios democráticos devem ser debatidos na escola, mas pratica-los, pois muitas vezes o exemplo prático é mais eficaz que o discurso no processo de aprendizagem de uma cidadania consciente. Por isso, as atitudes e a postura do corpo docente e de funcionários das escolas são importantes para transmitir o exercício da boa cidadania.
Fabrício Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário