domingo, 12 de junho de 2016

NADA RESTOU

De todo o olhar
de todo tocar
de todo arrepio
de tudo que se viu
de tudo que se pensou
e esse nada que restou....

Fabrício Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário